O INÍCIO DE TUDO....

sexta-feira, 27 de janeiro de 2012 - Postado por Renata Reis às 19:37


Olá, pessoal, tudo bem?

Sou a Renata, tenho 23 anos e sou formada em Letras e sempre sonhei em conhecer os Estados Unidos (assim como a maioria que lerá esse blog).

Pela minha formação, vocês já devem imaginar que eu gosto de Inglês. Isso, isso, isso!!!!Sou apaixonada pela Língua Inglesa e desde adolescente sonhava em fazer um intercâmbio, conhecer os EUA e estudar lá, mas não imaginava como, pois money que é good nois não have!!! Então, fui alimentando o sonho e continuei o meu curso de Inglês! Fiz o curso de Inglês por quase 4 anos e tive que abandonar o curso por motivos profissionais, mas a paixão pelo Inglês sempre viva! Segui com o meu trabalho e chegou aquela hora temida de escolher o curso a se fazer na faculdade. Queria algo, logicamente, relacionado à Língua Inglesa..Decidi por administração, porém não passei nos dois vestibulares que eu fiz! Não, eu não sou burra não, galerê! Eu não fiz cursinho e me achando a espertona fui tentar federal. #fail...Muitos concorrentes e a besta aqui não sabia bulhufas de matemática. Fiz em uma particular e, muito esperta novamente, não escolhi segunda opção de curso e como adm eram mais vagas, eu fiquei em excedente, mas não fui chamada. #failagain. Mas sabe aquelas frases bem clichês que todos te falam quando algo dá errado, "Não era pra ser"? Exatamente isso, não era pra ser! Decidi fazer cursinho e tentar adm novamente, porém eu pensei bastante e concluí que eu não queria mais adm e foi aí que resolvi pensar em fazer Letras. Confesso que no início eu era preconceituosa e pensava..."ser professora?" não quero não...Pensava e repensava, mas tive um apoio imenso da minha família, o que me espantou! Saí do cursinho e como a prova era só redação fiquei mais sossegada. Continuei trabalhando e na época prestei o vestibular. Só que nesse meio tempo de espera até o vestibular eu cogitei fazer Engenharia de Produção. Eu devo ser louca, né não? Pessoa mais inconstante que eu, só eu mesma! Mas, novamente, o que tem que ser, é...Não adianta! Pode o mundo, o Papa, o Obama e até o Osama Bin Laden conspirarem contra você, mas quando tem que ser, é...Num surto quase psicótico, eu ia colocar como primeira opção Engenharia de Produção, mas um anjinho ou capetinha fez o mouse clicar na opção "Letras". Pronto, inscrição feita e só esperar. Fiz o vestibular e passei! Não é me achando, mas eu já sabia que ia passar. Por ser um curso sem concorrência e por ter sido redação (eu sempre fui bem nas redações) eu já esperava passar. Todos ficaram muito contentes! Parecia que eu tinha passado em uma federal! 



A escolha se deu pelo fato de eu amar Inglês. Porém, meu objetivo inicial, depois de desistir de fazer adm, era ser tradutora! Como aqui na minha city não tinha, eu não teria condições de morar em outra cidade e ter mais gastos, enfim, não ia rolar. O jeito foi traçar um caminho para que eu pudesse chegar onde eu sempre sonhei. Meu curso era licenciatura, o que não me impede de trabalhar em outras áreas que não seja o ensino. Pretendia estudar o Inglês e ficar mais afiada ainda, só que isso acabou não acontecendo. O curso, infelizmente, não acrescentou nada a mais no meu conhecimento de Língua Inglesa. Eu saí sabendo tudo o que eu já sabia. Se foi perdido? Claro que não. Eu aprendi muitas coisas bacanas e me reapaixonei pela Literatura, queJjá amava e pretendo estudar mais a fundo, e cresci muito durante a faculdade. Comecei a dar aulas de Língua Inglesa através de um estágio e acabei sendo promovida! E o caminho traçado era: Terminar a faculdade de Letras, conseguir um emprego na área (trabalhei durante quase 4 anos em um emprego nada a ver com o que eu queria), fazer um intercâmbio, voltar e fazer pós em tradução e conseguir um super emprego!Ufaaa!!!! Consegui realizar dois passos já...Terminei a faculdade e consegui emprego na área antes de me formar....Estou na parte mais estressante e mais esperada...O Intercâmbio....



Aqui vocês já puderam sentir a vontade da pessoa em ficar filé no English para trabalhar na área de tradução quando voltar do intercâmbio né?! 
Como eu descobri o programa? O que me levou a escolher o au pair? Como está meu processo? Você vê aqui, no Globo Repórter (momento piada besta)


Next post I promise to tell you!!!

Beijos!!See ya!




Reações: 
0 comentários Links para esta postagem