(SOBRE) VIVENDO COM 200 OBAMAS OU 195,75...

quinta-feira, 6 de dezembro de 2012 - Postado por Renata Reis às 10:09
Estou mais animada para voltar a postar no blog!Tive várias visitas ontem com o meu post, alguns comentários!Assim eu fico feliz da vida!

O assunto de hoje é uma dúvida que muitas meninas têm, inclusive eu tinha!Dá para sobreviver na terra do consumismo com 200 obamas, ou mais especificamente 195.75???(porque regra é regra né).
Eu recebo 195.75 contados com as moedinhas obamísticas. Enfim, é o salário né?!Se a família for generosa, rola os 200 obaminhas e, acreditem, 4 dólares nessa nossa vida de au pair vale ouro!Mas, como eu sou a azarada, né?! Enfim, parece muito, mas não é. Pela lógica você pensa: Não pagarei luz, internet, água e afins!Terei meu salário lindo e maravilhoso para tocar o foda-se e ser feliz!Não é bem assim, queridas colegas de profissão!
Aqui nos EUA tudo está ao alcance de todos na questão de compras! Tudo é muito acessível, preços lindos e maravilhosos e você só com seu mísero salário de au "poor". Como lidar?
Dá para viver, ou sobreviver (como queiram dizer)? A resposta é sim, mas precisa ser muito forte para resistir às tentações desse país lindo! 
Se você é consumista no Brasil, sinto lhe informar, mas provavelmente você será daquelas que em uma tarde no mall gasta o salário da semana inteira e não sobra troco nem para um smoothie ou um pretzel (ecaaa, eu odeio). As roupas aqui estão sempre em promoção, com off e por aí vai!Imagina a au pair jurando ser rycah com suas obaminhas!Gasta tudo mesmo! 
Eu não sou a pessoa mais aconselhada a dar dicas para vocês, pois eu tenho dinheiro na carteira eu acho que sou rycah e saio gastando! Quando eu cheguei, eu gastava sem controle com bobeiras. Saia durante a semana para almoçar fora todos os dias, queria comprar tudo que via e por aí vai! Mas depois eu comecei a parar e pensar: Pra onde tá indo meu salário?!Eu percebi que não estava guardando e nem comprando nada de útil!Comecei a tentar a maneirar, afinal, eu quero fazer várias coisas por aqui ainda e para isso eu preciso de dinheiro, certo? O meu maior desafio no momento está sendo controlar os gastos para a minha viagem de final de ano!Como disse no post anterior, vou para Califa, Los Angeles e Las Vegas! Tive que comprar umas roupas de inverno, pois eu não trouxe nada do Brasil de frio!Cheguei no calor da Bahia, aí já viu né?! 
O ideal a se fazer é estipular um valor a se gastar no final de semana! Eu ainda não consegui essa proeza, mas é uma ótima opção e dá resultados sim! Se eu estivesse guardando 50 obaminhas por semana desde que cheguei, imaginem, já teria uma graninha guardada para imprevistos ou mesmo para minha viagem!Fica a dica para quem está vindo ou está no início dessa aventura! 
Outra coisa que ferra a nossa vida é gastar com comida na rua! Exatamente por ser tudo tão barato, a gente acaba perdendo a noção e sai comendo Mc Donald's, Subway, refrigerantes, indo no Starbucks, Dunkin Donuts e vai indo e o dinheiro sumindo! Um exemplo: Se eu vou pra NYC, eu gasto 16 dólars de trem, mais comida, mais snacks, mais cafezinho da tarde. Só aí já se vão 50 obamas fácil, fácil! Aí estando em NYC, você não resiste e acaba aterrisando nas Forever XX1, Marshalls, Target, Charlotte Russe da vida e pronto: tá fudida e mal paga! Aí sem você ver acaba comprando um sapato aqui, um casaco ali, uma calça acolá e seu salário se foi sem nem dar tempo de você dizer um tchau! O mais indicado a se fazer é levar uma quantia razoável, mas não exorbitante, pois aí você vai querer comprar tudo, mas sem dinheiro não dá pra fazer nada, aí né?!



 

 
Isso é a parte da comida e das roupas, mas e as viagens e os eletrônicos?Como que faz? Pronto, au pairs mais que fudidas ainda! É impossível imaginar voltar para o Brasil sem um Iphone ou sem ter realizado aquela viagem maravilhosa que todo mundo faz? Não né?! Então, uma coisa boa é que tudo isso é acessível por aqui, a questão é se planejar mesmo!  Para que eu pudesse comprar as minhas passagens para viajar, eu peguei meu salário de 4 semanas e comprei tudo de uma vez, sem dó nem piedade!Fiquei sem um puto no bolso, mas comprei e foi a melhor sensação EVER! Agora a luta é para economizar dinheiro para me virar por lá! Meu host sempre atrasa meu pagamento, o que é bom de um lado, pois eu não fico gastando desnecessariamente, o que no final é a mesma coisa, pois quando recebo tudo acabo gastando desnecessariamente do mesmo jeito. Entenderam? Essa é a nossa vida de au pair!
Quero comprar meu Iphone e aí, como que faz? Não faz, gente!Compra pronto! Eu tracei uma meta de guardar, pelo menos, 100 dólares por semana a partir de janeiro! Assim, eu conseguirei comprar meu Iphone logo logo! É muito torturante saber que é tão barato, mas ainda assim você terá que sacrificar finais de semana e compras para poder ter essa maravilha! Quem disse que ser au pair é fácil?!
Mas, e as baladas, a vida social? Gente, a verdade é que eu tinha que ser rycah! Eu adoro sair, mas confesso que  não rola sempre não!Primeiro : Puta preguiça de pegar trem, pegar taxi na city, esperar trem! Fora os gastos que isso traz no final de semana!Agora descobri uma baladinha perto de casa, vai ser a salvação, pois ficar indo pra city toda vez é de ferrar! Mas o legal é que sempre tem promoters e aí rola entrada free e drinks free!Aí sim dá pra ver vantagem!É uma mão na roda, pois ninguém merece ficar gastando com entrada e bebidinhas, né mesmo?!
Então, gente, dá pra viver sim com nosso salário, mas tudo depende das suas prioridades!Se você não tem ajudinha do Brasil mensal todo mês (como eu), tenha em mente o que é mais importante para você, pois aí você tem que escolher entre viajar para todos os cantos, se vestir bem, comprar eletrônicos ou viver a  nightlife da sua cidade! Mas, se ainda você quiser fazer tudo isso com o salário, o lance é ir por ordem e com calma!Não dá para fazer tudo de uma vez, tem que ir com calma. Eu já tenho em mente que não conseguirei visitar todos os lugares do meu sonho e nem comprar tudo o que quero, mas o que eu puder fazer eu farei. Antes isso do que nada né?!Quem sabe se eu arrumar um gringo rycoh ou então ganhar na mega sena no Brasil eu posso voltar como turista e dar uma de legítima rycah! (Sonhar não custa, principalmente para nós, au pairs).


Nesses 5 meses de Estados Unidos eu não fiz grandes aquisições não, mas já viajei duas vezes para Philly e virei fazer um post especialmente sobre essa cidade que eu amei, comprei minha câmera digital super simples, mas que vale muito para mim e logo menos minha viagem super glamourosa!Acho que tá bom para 5 meses, não?! Comprei bastante roupas também, mas nada exagerado! Bom, espero alcançar minhas metas no próximo ano e conseguir comprar meu Iphone lindo e glamouroso e fazer as viagens que tanto quero! Vou falar dessa viagens que quero fazer e volto para contar se consegui guardar dinheiro toda semana!

Beijos, meninas!

E as atuais au pairs, como lidam com o salário?
Reações: 
4 comentários Links para esta postagem

MINHA NADA MOLE VIDA - CAPÍTULO: 5 MESES

quarta-feira, 5 de dezembro de 2012 - Postado por Renata Reis às 06:28
Gente, a verdade é que eu tava até querendo abandonar o blog. Sem comentários, a gente acaba desanimando, mas eu sou brasileira e não desisto nunca!To pensando até em começar um Vlog, vou amadurecer a ideia!

Já faz 2 meses que não dou as caras, meu último post foi falando dos 3 meses e agora estou quase a completar 5 meses. 5 MESESSS!Tem hora que nem eu acredito!É, time fliessssss!

E, gente, é uma coisa louca mesmo!  Tem momentos que eu quero estar na minha casa e tem momentos que eu quero viver aqui forever and ever (leia-se nos finais de semana = divertimento com as amigas). Acordo e durmo pensando na extensão. São tantos pensamentos...Nenhum ser humano merece essa tortura, mas né...A gente tem que fazer escolhas, então..

Já estou adaptada ao estilo de vida americano, menos a comida horrorosa deles!Gente, fala pra mim o que eles têm na cabeça de comer panqueca doce no café da manhã? Ovo mexido, turkey bacon e coisas gordurosas e calorosas? Depois não sabem porque são gordos.. A verdade é que esse povo aqui não sabe o que é comida de verdade. Não sabem o que é bater um pratão de arroz com feijão, bife e batata frita e um sucão de laranja e de sobremesa um pudim de leite condensado ou um arroz doce! So sorry por eles. Eu vou embora daqui sem me render as comidas (nojentas) desse povo! Resultado disso tudo é que estou magrinha (nem tanto também), emagreci 8 kg, porque, simplesmente, não como! E não venham me falar, cozinha pra você e tralala! Eu não passo fome não, gente. Eu simplesmente não me sinto bem comendo essas coisas deles e então eu geralmente compro roll with butter no 7 eleven e faço nescafé (mercado brasileiro, eu te amo) pro café da manhã. No almoço eu como pizza ou faço alguma coisa bem rápida, tipo strogonoff, filé de frango e afins. Às vezes, eu janto com meus kids, mas muito raramente, depende da comida!E assim eu vou vivendo! Eu tiro a barriga da miséria quando vou pro Queens e almoço no restaurante brasileiro. Juro, é isso que me salva, porque vamos combinar né. Ficar sem arroz e feijão magoa qualquer brasileiro que se preze! Assim eu vou perdendo meus quilinhos, o que não acho nada ruim né! Todos me elogiando, to me sentindo a magra do pedaço.

 Restaurante brasileiro em Astoria

Minha rotina já virou rotina!No começo é tudo novidade, não sabia o nome das coisas, não sabia cozinhar no fogão deles, mas agora, mel na chupeta (que podre)! Já me sinto a guia turística por aqui onde moro! Quando eu cheguei e minha host me levou para abrir conta, tirar o SS, eu via e falava: Nunca vou saber dirigir aqui, to ferrada e mal paga! Nada como a prática e o tempo! Hoje, eu levo as crianças para as atividades, ando por aqui, tenho noção das distâncias...É, a gente tem que se virar aqui!
Eu ainda não dirijo exclusivamente para mim! Meus hosts exigiram que eu tirasse a DL daqui e estou no processo. Depois que eu tirar a DL terei uma conversa com eles para que eu possa usar o carro para assuntos pessoais (Ui)! Eu fico com o carro a semana inteira, pois eu dirijo as kids a semana inteira. Final de semana eles usam apenas o carro da host, então, né?1 No Thanksgiving eles liberaram o carro para usar, so adorable! Depois farei um post contando como é para tirar a DL daqui! O trânsito daqui é meio louco (pra não dizer completamente). Muita gente apressadinha, que vira quando não pode, te corta e quase te leva junto. NY, né, babies!

Minha família é legal, eu amo minha host mom! Meu host é totalmente na dele, mas eu já sabia disso antes de vir, então, tudo na paz! Eles me tratam bem, na maioria das vezes me chamam para jantar fora com eles. Minha host é muito compreensiva e ambos são very easy going!Dia desses eu estava esperando meu menino sair da aula de música e tava eu linda e morena curtindo um som e com o carro ligado. Resultado: A bateria morreu e a Renata ferrada. Meu host foi onde eu estava para dar a carga no carro, sei lá como funciona isso! Ele não estava com uma cara de muitos amigos, mas também não me xingou, então, cara perdoada! Eles são legais, mas não excepcionais e muito menos perfeitos! Coisa que me incomoda é o fato deles serem totalmente desligados do planeta terra! Eles são as pessoas mais desligadas que eu já vi! Mais que eu mesma! Nem tudo é perfeito, galera!  Eles são judeus e não comemoram o Natal, celebram o Hanukah, que para falar a verdade eu nem sei o que é, não tive a decência de ir procurar no google. Única coisa que eu sei é que são 8 dias de presente, orraaaaaaaa! Eu já fiquei sabendo que entrarei no esquema de ganhar os presentes. Minha host me contou que ela estava excited para os presentes chegarem e que ela comprou para todos, inclusive para mim! Minha menina fofoqueira me contou também na semana anterior que eles tinham comprado o meu presente de Hanukkah. Precisa falar que a Renata tá SUPERRRR CURIOSA? A parte ruim é que eu vou ter que gastar dinheiro também, pois não ia dar nada para os hosts, só para as kids, mas como que não vou dar nada? Achei legal da parte deles me incluirem no lance dos 8 presentes, não esperava isso, mas não estou reclamando não!Manda pra cá que a gente faz bom uso!
Minhas crianças são crianças. A minha maior tem a personalidade MUITO forte, o que já nos causou desentendimentos. Pelo menos, por enquanto, estamos nos entendendo. (Papai do céu, que continue assim)

Como eu terei a semana do Natal de férias, estou indo para Califórnia, Los Angeles e Las Vegas. A cara da riqueza, só que não, pois eu vou mais dura que pau de tarado, minha gente!Ê viagem caraaaa!Mas tenho certeza que valerá cada centavo! Claro que virei aqui contar como foi e postar as fotos para fazer inveja!Justkidding.

Tenho bastante amigas aqui na redondeza, inclusive as gringas que eu adoro, e posso falar?! As gringas são mais legais que muita brasileira au pair por aí! Os amigos aqui se tornam nossa família por aqui e olha, sou muito sortuda de ter as amigas que eu tenho! Saio sempre com elas e enquanto eu não pego o carro, a Flávia é minha chouffer (hahahaha). Bom, a gente sempre sai juntas pro mall, pra comer algo ou que seja para fofocar. Na semana do hurricane, como estavamos sem comunicação, ela veio aqui em casa para ver como eu estava e me levar para gastar! Amigos aqui são pedras muito preciosas! Me ofereceu para dormir na casa dela, pois eu estava sem energia e assim poderia tomar um banho quente, falar com minha família!Um anjo na minha vida!


 Meu anjo da guarda
 Brasucada
Brasucada e gringas

Posso dizer que em 5 meses eu tenho MUITA história para contar!Boas e ruins, mas todas me fazem rir e crescer sempre mais! Tenho mil histórias para contar nos próximos posts e se tiverem ideias, me mandem! E comentem, eu gosto de escrever, mas preciso de incentivo (leia-se comentários).

Feliz 5 mesess!






Reações: 
3 comentários Links para esta postagem